quinta-feira, 5 de novembro de 2020

Bolsonaro faz pouso inesperado em Aracaju e é tietado pela população



O presidente Jair Bolsonaro informou que não foi possível realizar o pouso em Paulo Afonso, na Bahia, onde iria a caminho de Alagoas, para inagurar obra de ampliação do Sistema de Abastecimento de Água (SAA) do município de Piranhas. Bolsonaro disse: “Por falta de teto não pousamos agora em Paulo Afonso/BA. Em minutos pousaremos e Aracaju/SE, e aguardaremos melhoras meteorológica para retornar agenda inicial. Pretendemos cumprir ainda hoje nossa missão em Piranhas/AL”.

Na parada em Aracaju, o presidente andou pelas ruas e foi saudado pela população. 

Nesta quinta-feira (05), o Governo Federal, por meio da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), vai inaugurar a obra de ampliação do Sistema de Abastecimento de Água (SAA) do município de Piranhas, em Alagoas. Durante a cerimônia, também será anunciada a liberação de R$ 14,8 milhões para a continuidade da obra do Trecho IV do Canal do Sertão Alagoano.O evento tem previsão de participação do presidente da República, Jair Bolsonaro, do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e do presidente da Funasa, coronel Giovanne Silva, que representa o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

O Sistema de Abastecimento de Água, que recebeu R$ 12 milhões da Funasa, atenderá cerca de 10 mil pessoas da área rural do Distrito de Piau, por meio de captação de água no Trecho III do Canal do Sertão Alagoano, que já está em operação.

Para o presidente da Funasa, coronel Giovanne Silva a construção da SAA vai melhorar a vida da comunidade. “Esta obra foi construída com recursos do Governo Federal, na gestão do presidente Bolsonaro. Estamos muito felizes em entregar água de boa qualidade para a população local, que tem muita carência, oferecendo mais a quem menos tem”, disse.

Canal do Sertão Alagoano

Ainda em Piranhas, a comitiva vai anunciar a liberação de mais R$ 14,8 milhões para garantir a continuidade das obras do Trecho IV do Canal do Sertão Alagoano, hoje com 94,6% de execução e com previsão de conclusão no primeiro trimestre de 2021. Com este repasse, o empreendimento já recebeu R$ 165 milhões no governo do presidente Jair Bolsonaro. O valor total de investimentos da União é de R$ 817,6 milhões.

“O Canal do Sertão é a obra mais importante para a região. Garantir segurança hídrica à população e aos setores produtivos das localidades que sofrem com a seca é prioridade do governo Jair Bolsonaro. Estamos fazendo todo o empenho para assegurar os recursos necessários”, destaca o ministro Rogério Marinho.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...