segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Custo estimado de voo da FAB é muito superior aos R$ 27 mil devolvidos por Renan Calheiros


Imagem: Divulgação
Renan Calheiros devolveu hoje aos cofres públicos R$ 27.390,25 pelo voo em aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) entre Brasília e Recife para realizar cirurgia de implante capilar. Em ocasiões anteriores, o custo dos voos da FAB já foi estimado e divulgado pela imprensa, e é muito superior a este valor.


Quando Henrique Alves levou convidados para assistir ao jogo entre Brasil e Espanha no Maracanã, devolveu R$ 9.700,00; no entanto, o custo daquele voo foi estimado em no mínimo R$ 158 mil. Na ocasião, a Folha de S. Paulo fez cotação com duas empresas, TAM e Líder Aviação, que oferecem serviços de fretamento particular. Nas mesmas condições de dias, trechos e número de passageiros, o valor mais baixo saiu por R$ 158 mil. O mais caro, R$ 266 mil. O orçamento levou em conta ainda os dois dias de intervalo, entre sexta e domingo, e o deslocamento para ir até Natal buscar os passageiros. À épocia, a FAB disse que o valor gasto com os voos do deputado não pode ser divulgado por questões de sigilo estratégico e militar.

Em outro caso, os deputados federais Danilo Forte e Osvaldo Reis, acompanhados de cinco assessores, usaram um avião da FAB para irem a Palmas, no Tocantins, para participar de um evento ao qual poderiam perfeitamente chegar usando um voo comercial. O custo do transporte de todos em voo comercial seria no máximo R$ 24 mil, enquanto o custo mínimo do voo da FAB foi estimado em R$ 100 mil. 

As diferenças devem-se ao fatos de os senhores parlamentares reembolsarem a União com base no preço de voos comerciais, quando de fato usam os veículos da Força Aérea Brasileira como táxi aéreo, que tem um custo muito superior. 

Folha Política
Com informações da Folha de S. Paulo e do T1 Notícias
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...