domingo, 9 de fevereiro de 2014

Deputado pede à PGR investigação sobre doações a Genoino e Delúbio


Imagem: Reprodução/Site Carlos Sampaio
O deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) protocolou nesta terça-feira (4) uma representação na Procuradoria-Geral da República pedindo que sejam investigadas as doações recebidas por petistas condenados no processo do mensalão para o pagamento de multas impostas no julgamento.

O tucano afirma que há suspeita de crime de lavagem de dinheiro e que o PT cometeu apologia ao crime. Na tarde de hoje, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, também defendeu a investigação da arrecadação e levantou suspeita de lavagem. Condenados por corrupção no julgamento do mensalão, o ex-presidente do PT José Genoino e o ex-tesoureiro da sigla Delúbio Soares criaram páginas na internet para receber doações e conseguiram arrecadar cerca de R$ 1,7 milhão para quitar as multas que, somadas, chegaram a cerca de R$ 1,1 milhão.

O restante deverá ser doado para o ex-ministro José Dirceu, que terá de pagar multa de R$ 971 mil, também relativa à sua condenação por corrupção no mensalão. O PSDB solicitou que o Ministério Público Federal determine o levantamento da lista dos doadores. De acordo com o deputado, o PT deveria ter expulsado os condenados, segundo o regimento do partido. Sampaio diz que, ao invés disso, a sigla está tratando-os como "heróis nacionais" e fazendo apologia a criminosos.

"Demais disso, vêm prestando aos militantes condenados um apoio que excede, patentemente, a mera solidariedade pessoal, tornando indiscerníveis a atuação público-partidária e a atuação privada no episódio. Essa atuação de contornos imprecisos tem levantado fundadas suspeitas a respeito da liceidade dos recursos recebidos por José Genoíno e Delúbio Soares".

Para Gilmar Mendes, é preciso analisar o caso. "Agora, dado positivo, essa dinheirama, será que esse dinheiro que está voltando é de fato de militantes? Ou estão distribuindo dinheiro para fazer esse tipo de doação? Será que não há um processo de lavagem de dinheiro aqui? São coisas que nós precisamos examinar", disse pouco antes de ingressar numa das turmas de julgamento do STF.

Márcio Falcão 
Folha de S. Paulo
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...