sábado, 26 de julho de 2014

Rede diz que 104 candidatos ligados ao partido disputarão eleições


Imagem: José Cruz / ABr
A Rede Sustentabilidade, partido fundado por Marina Silva em fevereiro de 2013, anunciou nesta quinta-feira (24) que 104 candidatos ligados ao partido, mas filiados a outras oito legendas, disputarão as eleições.

Como a Rede teve o registro barrado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Marina Silva e seus aliados tiveram que se filiar a outros partidos para poderem concorrer nas eleições deste ano.

A ex-ministra escolheu o PSB e entrou como vice-presidente na chapa do presidente da legenda, o ex-governador Eduardo Campos. Ela deixou claro, porém, que, depois da eleição, voltará a tratar da criação da Rede e deixará o PSB.

Leia também: 

A Rede considera que os 104 candidatos são “politicamente ligados” à legenda, mas foram “acolhidos democraticamente” por outras agremiações, que se comprometeram a “liberar” os políticos depois que o partido de Marina Silva obtiver o registro. A maioria dos nomes foram para a legenda de Eduardo Campos, o PSB, mas há também candidatos do PDT, PROS, PHS, PSOL, PTN, SD e PV.

Entre os candidatos ligados à Rede, além de Marina Silva, a legenda contabiliza outros cinco nomes para cargos majoritários. Junior Brasil (PSB) disputará como vice-governador na chapa de Marcelo Ramos (PSB). Para o Senado, concorrerão Eliana Calmon (PSB-AM), Heloísa Helena (PSOL-AL), José Antônio Reguffe (PDT-DF) e Aguimar Jesuíno da Silva (PSB-GO).

A Rede ainda terá 36 aliados políticos disputando cargo de deputado federal e 58 de deputado estadual. Outros quatro nomes concorrem para deputado distrital.

Priscilla Mendes
G1
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...