domingo, 17 de agosto de 2014

Jornal suspende edição regional alegando falta de liberdade de imprensa no Equador


Imagem: Alan Marques/Folhapress
QUITO — O jornal equatoriano “La Hora”, considerado de oposição pelo governo, suspendeu nesta sexta-feira a impressão de uma de suas edições regionais alegando falta de liberdade de expressão, após uma lei aumentar o controle sobre os meios de comunicação no país.

O veículo, que imprime 41 mil exemplares, suspendeu sua circulação na província litorânea de Manabí, Sudoeste do país, após 16 anos de circulação, segundo seu diretor, Luis Eduardo Vivanco.


No entanto, o órgão estatal de regulação da imprensa rejeitou a versão do jornal. “O fechamento nada tem a ver com a lei, mas com uma estratégia comercial”, afirmou Paulina Mogrovejo, porta-voz do Conselho de Regulação da Informação.

Em julho, a revista “Hoy”, de Quito, também suspendeu sua impressão e migrou para a versão eletrônica, alegando restrições à sua liberdade. Em 2013, o “Vanguardia”, outra revista de oposição, deixou o mercado com o mesmo argumento.

O GLOBO / COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS
Editado por Folha Política
Leia mais notícias do poder e da sociedade em Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...