quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Cerveró vai responsabilizar Dilma por Pasadena em depoimento


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O ex-diretor da Área Internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, preso desde quarta-feira passada, vai prestar depoimento hoje (22), na Polícia Federal, sobre a polêmica compra da Refinaria de Pasadena, no Texas (EUA). O advogado dele, Edson Ribeiro, afirmou que, agora, o seu cliente será contundente em relação à responsabilidade da presidente da República, Dilma Rousseff (PT), que presidia o conselho em 2006, época em que o negócio foi fechado. A compra da refinaria, segundo o Tribunal de Contas da União, causou um prejuízo de mais de US$ 700 milhões à estatal.


"Ele está indignado. Desta vez, Cerveró será contundente. Não foi duro com a presidente durante depoimento na CPI por orientação minha. Vivíamos um período eleitoral e não queria que ele fosse usado por A ou B neste processo. A verdade que ele vai falar é que a presidente foi omissa no processo", explicou.

Leia também: 
E-mail prova que Dilma e Lula poderiam ter interrompido petrolão
PT trata membro suspeito de envolvimento no Petrolão como herói injustiçado, diz Constantino

O defensor afirmou que Cerveró não é um homem-bomba. "Ele apenas vai falar a verdade. Quem descumpriu o estatuto social da Petrobras foi o Conselho de Administração. Vai dizer que, se o parecer era falho, a presidente Dilma, que presidia o conselho, tinha obrigação de chamá-lo para tirar todas as dúvidas. Ela não fez isso. Não foi diligente e precisa ser responsabilizada. O próprio estatuto diz que, se o conselho não cumprir as regras, ele é responsabilizado, inclusive com bloqueio de bens", declarou.

Veja também: 



        

João Valadares 
Correio Braziliense
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...