quinta-feira, 30 de abril de 2015

Contra terceirização, Lula confirma participação em 1º de maio da CUT


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirmou presença no evento em comemoração ao Dia do Trabalhador realizado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) na sexta-feira, 1º de Maio. Na semana passada ele já havia sinalizado ao presidente da entidade, Vagner Freitas, que estaria presente. Sua chegada é esperada a partir das 11h no Vale do Anhangabaú, em São Paulo.

Entre os confirmados no ato também estão o prefeito de São Paulo Fernando Haddad, o ministro Miguel Rossetto, o líder da bancada do PT na Câmara dos Deputados Sibá Machado e líder do governo na Câmara dos Deputados José Guimarães.

Leia também: 

Desde 2010 Lula não participa de comemoração do Dia do Trabalhador organizada pela CUT. Segundo seus assessores, o motivo que o levou a aceitar o convite foi reforçar sua posição contra o projeto de lei que regulamenta terceirizações nas empresas e amplia a possibilidade da terceirização de todas as atividades.

Na noite desta terça (28), durante um evento no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, o ex-presidente afirmou que Dilma Rousseff vetará o projeto, caso ele seja aprovado no Senado. A presidente evita dizer o que fará.

Lula também cancelou uma viagem que faria hoje para Fortaleza, onde participaria de um evento de gestoras de assistentes sociais. O retorno estava programado para amanhã.

Além de se opor à proposta de terceirização que tramita no Congresso, a CUT e as demais entidades organizadoras do ato –são mais de 20– levantarão bandeiras ligadas à defesa da Petrobras, à classe trabalhadora de maneira geral e à reforma política. Os militantes partirão às 9h da Luz, da Praça de República e do Pátio do Colégio e se concentrarão no Anhangabaú, palco da comemoração. 

Veja também: 

 




  

Bela Megale 
Folha de S. Paulo
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...