quinta-feira, 5 de julho de 2018

Dodge diz que há 'diversos impedimentos para o processamento de impeachment de Ministro do STF' e deixa de recorrer de decisão de Fachin


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, informou ao Supremo que não tem interesse em recorrer da decisão do ministro Edson Fachin que negou pedido para que o Senado analise o impeachment do colega Gilmar Mendes. A ação foi apresentada por um grupo de juristas que acusa o ministro de agir de forma partidária. Fachin alega que o STF não pode rever o ato do Senado, que arquivou o pedido de impeachment. A PGR poderia recorrer da decisão, mas, em ofício, Raquel Dodge afirma que reconhece “diversos impedimentos para o processamento de impeachment de Ministro do Supremo Tribunal Federal”.

Leia também: 
Tribunal da Lava Jato nega, por unanimidade, dois pedidos de Lula para afastar Moro
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...