sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Advogado protocola queixa-crime contra advogados de autor de atentado contra Bolsonaro: 'Queremos saber quem são os mandantes!'


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O advogado Adão Paiani apresentou uma queixa-crime contra os advogados que se apresentaram para defender o homem que tentou matar o candidato Jair Bolsonaro. Para o advogado, um dos caminhos para esclarecer o crime é identificar o patrocinador dos honorários dos advogados. 



Assista: 


Veja a explicação do advogado: 


Nesta tarde estive na Procuradoria-Geral da República, protocolando, em nome do Deputado Onyx Lorenzoni, representação criminal contra os advogados responsáveis pela defesa do criminoso que tentou assassinar o Capitão Jair Bolsonaro e impedi-lo de chegar à Presidência da República. 
Entendemos que os advogados, ao se negarem a revelar o nome de quem está pagando os honorários da defesa do terrorista, além de cometeram obstrução da justiça, estão se tornando cúmplices do delito. 
A revelação do nome do contratante da famosa banca de advogados mineiros é o caminho certo para chegarmos aos mandantes do crime. Ao sonegarem essa informação, os advogados extrapolam os limites éticos do exercício da advocacia e permitem que criminosos permaneçam impunes sem ao menos precisarem prestar contas à justiça.
Queremos respostas, e iremos às últimas consequências para que o nome dos mandantes desse crime sejam identificados e rigorosamente punidos.
Prender um zé ruela como Adélio Bispo é fácil. Queremos na cadeia também os mandantes, os mentores intelectuais, os financiadores da ação terrorista. Sejam eles quem forem, estejam onde estiverem. E não descansaremos enquanto isso não acontecer.
A guerra apenas começou. E somos soldados prontos para ela.


Leia também: 
Gilmar Mendes manda soltar ex-governador Beto Richa e sua esposa


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...