quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Nós estamos com uma "mão na faixa", diz Bolsonaro em visita à PF no Rio


Imagem: Reprodução / Veja
O candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL) afirmou nesta quarta-feira (17) que "está com uma mão na faixa [presidencial]" e que o adversário no segundo turno, Fernando Haddad (PT), "não vai tirar [uma diferença de] 18 milhões de votos até daqui dois domingos". 


A declaração do candidato a presidente foi dada após visita à sede da Polícia Federal, na zona portuária do Rio.

Leia também: 

Ao ser questionado sobre a presença em debates, Bolsonaro disse que vai depender da liberação dos médicos, mas que sua ida ou não faz parte de sua estratégia de campanha.

"Agora eu vou debater com um poste, um pau mandado do Lula? Tenha santa paciência", declarou Bolsonaro. "Tudo na política é estratégia. O Lula não compareceu a debate. O último da Rede Globo, não sei se foi em 2006 ou 2010. Entra tudo no meio, eu decido em equipe."

A diferença de votos citada por Bolsonaro tem como base pesquisas de intenção de voto que, no primeiro turno, foram frequentemente desacreditadas pelo candidato. Segundo o último Ibope, de segunda-feira, Bolsonaro tem 59% dos votos válidos, contra 41% de Haddad.

Antes de falar que estava com uma mão na faixa, ele disse que não estava preocupado com isso e que não tem obsessão pelo poder. "Quero ajudar o Brasil a sair dessa situação", comentou.

Bolsonaro disse que foi à PF para agradecer à corporação pela segurança que agentes fazem, garantida por lei. "Não é porque está na lei que eu não devo reconhecimento a eles", declarou.

Veja também:





Hanrrikson de Andrade e Gustavo Maia
UOL
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...