segunda-feira, 1 de outubro de 2018

'Quem faz jornalismo não pode não enxergar o alcance nacional profundo dos eventos pró-Bolsonaro de hoje', diz jornalista


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O jornalista Carlos Andreazza analisou a ocorrência de múltiplas manifestações a favor do candidato Jair Bolsonaro, no último domingo antes da eleição, e a ausência de cobertura por parte da grande imprensa desses eventos. Enquanto as redes sociais explodiam com imagens e vídeos de manifestações em capitais e mesmo em cidades pequenas de todo o Brasil, os grandes portais informavam apenas sobre as manifestações em grandes capitais da véspera, contrárias ao candidato. Andreazza criticou a atitude de deixar de cobrir as manifestações: "Quem faz análise política (quem faz jornalismo) não pode não enxergar nem considerar a contundência e a representatividade - o alcance nacional profundo - dos eventos pró-Bolsonaro de hoje. Sem dúvida, o domingo pró-Bolsonaro foi impulsionado pelo sábado de rejeição ao deputado. A lógica plebiscitária, tanto mais se radicalizada, é essa. É o tipo de reação que nos obriga a considerar a hipótese - ainda que pequena - de não haver segundo turno".

Leia também: 
População se emociona ao ver a volta de Jair Bolsonaro e canta em apoio; veja vídeo

Veja também:




Correio do Poder
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...