quarta-feira, 17 de outubro de 2018

'Se o "Kit Gay" ão existisse e não fosse produzido pelo MEC, quando Haddad era ministro, por que o TCU cobra do Ministério os gastos com o... KIT GAY?', questiona procurador


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O procurador Aílton Benedito questiona os esforços para se fingir que o material que foi chamado à época de "kit gay" não existe. Embora não tenha sido distribuído, o material do "kit gay" custou aos cofres públicos R$ 800 mil. O procurador pergunta: "Se o KIT GAY não existisse e não fosse produzido pelo MEC, quando Haddad era ministro, por que o TCU cobra do Ministério os gastos com o... KIT GAY? E por que a imprensa corrompida espalha Fake News de que KIT GAY não existe?". 

Leia também:
Gazeta Social
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...