segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O candidato derrotado à Presidência da República pelo PT e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, virou réu hoje (19) por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A Justiça de São Paulo recebeu a denúncia do Ministério Público, que o acusa de receber R$ 2,6 milhões da empresa UTC para saldar dívidas de campanha. Haddad nega as acusações e diz que vai se defender.


Ouça: 


A denúncia foi baseada na delação premiada de Ricardo Pessoa. O empresário e sócio da empreiteira UTC afirmou, em delação premiada, que contribuiu para saldar dívidas da campanha de Haddad à prefeitura paulistana em 2012.

É a primeira vez que o petista se torna réu em ação criminal. Para Haddad, a denúncia foi feita sem provas.

Leia também: 
‘Entre a branca que oficializou o fim da escravidão, e o negro que tinha escravos, acabamos optando por este último’, diz promotor
Funcionários da TV Brasil e EBC apagam posts contra Bolsonaro de suas redes sociais



Veja também: 











Agência Brasil
Editado por Correio do Poder
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...