quarta-feira, 27 de março de 2019

Senador Major Olímpio retruca ataques ao presidente Bolsonaro sobre comemoração do Regime Militar



O senador Major Olímpio realizou uma defesa inflamada e impetuosa do presidente Jair Bolsonaro em face de críticas ao estímulo a comemorações relativas ao Regime Militar. 


"Não vou entrar num debate em relação às circunstâncias. O que se denomina por alguns golpe militar, a sociedade brasileira, na sua esmagadora maioria, tem o entendimento de que foi uma contrarrevolução, que foi justamente para evitar que milhares ou milhões de vidas de brasileiros pudessem ser ceifadas num momento em que Governo levava, e a própria mensagem de Presidente da República à época, insuflando praças das Forças Armadas a se insurgirem e pegarem em armas", explicou ele.

Segundo ele, a comemoração deixou de existir tão-somente por um determinação da ex-presidente Dilma Rousseff, ex-guerrilheira comunista. "Somente a partir de 2011, num decreto e numa determinação da então Presidente Dilma Rousseff, que foi guerrilheira, ela entendeu dar uma determinação, como Comandante-em-Chefe das Forças Armadas, para que não houvesse mais evento ou Ordem do Dia. Não se trata de comemoração mais ou menos efusiva. É uma data e um fato histórico na história do Brasil. Iniciou-se aí Governo de natureza militar, que se estendeu até 1985. O próprio Governo militar teve o entendimento de ir fazendo a recondução para que se voltasse a uma democracia plena e com a escolha democrática dos representantes e de governantes pelo povo brasileiro", asseverou.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...