domingo, 16 de junho de 2019

Bolsonaro aponta como R$400 bilhões enviados por Lula e pelo PT para o exterior não serão recuperados: 'A chance é nula'



Durante coletiva de imprensa realizada em café da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto, ao responder sobre invectivas da esquerda contra o seu governo e contra Sergio Moro, ministro da Justiça, o presidente Jair Bolsonaro apontou prejuízos bilionários causados por "esquemas" petistas e descreveu como funciona o "DNA" da esquerda.

"A esquerda vai ser contra o meu governo. Isso está no DNA deles. A esquerda não tem proposta, outra alternativa para ajudar o Brasil a sair da crise, trazer felicidade para a sua população", apontou.

Neste contexto, o presidente voltou a fazer uma defesa enfática de Sergio Moro. "A questão do Moro, veja: de um lado, doleiros, empreiteiros que não têm qualquer compromisso com a honestidade, políticos, eles conversam entre em si. Do lado de cá, eu não vejo maldade de juízes, advogados, policiais federais e procuradores conversarem entre si. Eles precisam conversar para apresentar uma denúncia robusta, concreta, resolver o problema", opinou.

Assim, ele voltou a ressaltar os danos da corrupção ao Brasil. "Ninguém precisa ouvir de mim que a Petrobras foi assaltada. Os fundos de pensões foram saqueados. Pouco mais de R$400 bilhões foram para países amigos do Lula, países comunistas, socialistas. A chance de rever esse dinheiro é nula. Amigos do rei, empreiteiras, pegando empréstimos a juros subsidiados. Por troca de mensagens, dizer que foi viciado e querer tirar da cadeia todo mundo, é uma história muito longa", argumentou.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...