terça-feira, 18 de junho de 2019

Senador Marcos do Val derruba argumentos contrários a decreto das armas de Bolsonaro e parte para o confronto após ser provocado



O senador Marcos do Val fez pronunciamentos de impacto em defesa do "Decreto das Armas" do presidente Jair Bolsonaro e não se recusou a confrontar parlamentares quando provocado. 

O parlamentar expôs o fracasso da política desarmamentista e comentou casos categóricos ocorridos nos EUA. "As pessoas que têm... Eu até tenho colocado como desafio, não vai existir lei nenhuma, em nenhuma parte do mundo, de qualquer forma que seja, que vai conseguir desarmar um criminoso. O criminoso jamais vai seguir a lei. Simplesmente o cidadão que teme e obedece à lei é o mais penalizado nessa situação", aventou.

"Nós temos que pensar que o brasileiro armado não é bandido; o brasileiro que segue a lei, teme a lei e passou por todo o crivo da Polícia Federal não é bandido, não vai virar bandido e não vai fornecer arma para bandido. Para você passar por esse crivo, você é uma pessoa extremamente responsável, teme a lei, obedece à lei, e a sua arma vai ser um equipamento que vai acabar ajudando as forças policiais", refutou.

Ademais, o senador explicou como o cidadão de bem, quando armado, atua como aliado da polícia. "Como eu falo, em outros países, o cidadão que teme a lei é uma força aliada da polícia. Assim como há o extintor de incêndio, que é a primeira resposta numa situação de incêndio até a chegada do Corpo de Bombeiros, a arma do cidadão que teme a lei faz o mesmo papel. Ele é o primeiro interventor, o first responder, até a chegada das unidades policiais para, assim, resolver a situação".
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...