quarta-feira, 19 de junho de 2019

Sergio Moro cala 'teoria da conspiração' de senador petista que apontou conluio para condenações



Sergio Moro, ministro da Justiça do Governo Bolsonaro, "calou" o senador Paulo Rocha após o parlamentar acusar um "conluio" para efetivar condenações.

A princípio, o ministro questionou se os agentes da lei devem ser culpados pelos malfeitos de criminosos. "Então, quem é o culpado? É o policial que descobre o fato? É o juiz que julga o processo? Ou aqueles que receberam ou pagaram propina, entrando em esquemas de corrupção? Quem é responsável pelo assassinato? O policial que encontra o cadáver ou o assassino?", questionou.

No ensejo, ele explicou a higidez dos processos e fez um questionamento. "Nada ali foi feito além da revelação dos fatos. No que se refere à Ação Penal 470, eu atuei apenas como um auxiliar lá dentro do Supremo Tribunal Federal. Quem profere a decisão é o Supremo Tribunal Federal, eu confesso que nem me recordo se o senhor foi absolvido ou foi condenado? O senhor foi absolvido? Não me lembro, desculpe".

"Do senhor? O senhor foi condenado na Ação Penal 470? Então, não sei que você está falando? O senhor foi absolvido. Havia um conluio para condená-lo e o senhor foi absolvido?", questionou e concluiu Sergio Moro.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...