segunda-feira, 24 de junho de 2019

Sergio Moro faz grave alerta sobre projeto que será votado no Senado nesta semana e senador homenageia



Durante a participação de Sergio Moro, ministro da Justiça do Governo Bolsonaro, em sessão da CCJ do Senado Federal, o senador Eduardo Girão homenageou o ministro e expôs como, de acordo com suas convicções religiosas, Moro estaria sendo recompensado pelo bem que fez ao Brasil. Conforme Girão, a população está defendendo o ex-magistrado com veemência diante de ataques covardes.

"Eu estava pensando aqui, refletindo, ouvindo todas essas perguntas, todas as respostas do Ministro, como a vida é engraçada, como o mundo dá voltas. Há cerca de um ano, eu estava ligado na televisão acompanhando, vibrando por cada etapa da Operação Lava Jato. Chegamos à 61ª fase. Eu acompanhei como cidadão e hoje eu peço permissão para falar também como cidadão para agradecer ao Ministro por esse trabalho prestado à Nação brasileira", declarou.

"Tem um grande humanista, pacifista brasileiro, Chico Xavier, que eu muito admiro, que coloca o seguinte: o bem que você pratica é seu advogado em toda parte. O senhor, Ministro Sergio Moro, junto com a força-tarefa da Operação Lava Jato, fez um grande bem ao Brasil. E esse bem, que foi plantado lá atrás, nós estamos colhendo agora. Está aí a gratidão do povo brasileiro ao senhor nesse momento de ataque. Ataque, que, eu diria, covarde porque eu não vou nem comentar, me permita, Presidente Senadora Simone Tebet, esses vazamentos criminosos. Eu não vou perder tempo com isso se o próprio Ministro garante que não reconhece a autenticidade de muitas divulgações que foram feitas aí pela imprensa", complementou o parlamentar.

Moro, por sua vez, advertiu sobre o projeto contra "Abuso de Autoridade": "Eu acho que esse tema tem que ser tratado com muito cuidado, e ele estava um tanto quanto esquecido, sendo tratado com certo vagar no Congresso e, de repente, houve essa aceleração. Confiamos nas boas intenções, evidentemente, dessa recolocação do tema em discussão, mas seria bom que houvesse muita ponderação e debate em cima das provisões específicas desse projeto. (...) Eu tenho uma série de preocupações. Eu acho que ninguém é a favor de abuso de autoridade. Nós temos que coibir o abuso de autoridade, seja do juiz, do promotor, do procurador, de quem quer que seja. Eu não sou mais juiz; então, não sou afetado por esse projeto, posso falar com tranquilidade sobre isso".
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...