domingo, 9 de junho de 2019

Votação da reforma da Previdência pode ser adiada por causa das festas juninas


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O presidente da comissão especial da Câmara que analisa a reforma da Previdência proposta pelo governo Jair Bolsonaro, deputado Marcelo Ramos (PL-AM), disse na última quinta-feira (6) que o feriado de Corpus Christi, no dia 20, e a semana seguinte ao feriado, que será de festas juninas, podem jogar a votação para julho.


Ouça: 

v

Segundo Marcelo Ramos, caso o relatório seja apresentado na segunda-feira (10), a comissão será convocada para a leitura em 24 horas. Qualquer pedido de vistas interrompe a tramitação por duas sessões. Ramos acredita que a votação na comissão pode se estender por três dias, como ocorreu na votação da reforma trabalhista no governo passado. 

Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...