domingo, 28 de julho de 2019

Almirante Bento Albuquerque aponta como brasileiros pagaram preços abusivos no gás de cozinha - Gov. Bolsonaro



O Almirante Bento Albuquerque, ministro de Minas e Energia do Governo Bolsonaro, assestou como os cidadãos brasileiros vêm sendo lesados, nos últimos anos, no que tange ao preço do gás, tanto no uso industrial quanto no gás de cozinha.

"No caso particular do gás, o que se viu foi a configuração de um mercado concentrado, tanto na oferta quanto na comercialização. Resultando no elevado preço e afetando diretamente nos custos das empresas nacionais frente a seus competidores estrangeiros. O gás impacta de maneira significativa no segmento industrial. Resultando, em alguns casos, em 50% dos custos de produção", assinalou.

"Vale salientar que o preço do gás natural do Brasil é um dos mais caros entre as principais referências dos países do G20. Enquanto, nos EUA, o gás entre às distribuidoras custa, em média, 3,13 dólares por milhão, aqui custa acima de 10 dólares por milhão. Maior que os preços praticados no Japão, país que importa a totalidade do gás consumido. Ao compararmos com EUA e Argentina, vemos o quanto nossa infraestrutura é subdesenvolvida para um país com dimensões continentais", frisou o oficial.

"Contamos apenas com 9,4 mil quilômetros de dutos para transportes de gás, enquanto na Argentina há 29 mil quilômetros. Nos Estados Unidos, aproximadamente 500 mil quilômetros", ressaltou.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...