quarta-feira, 3 de julho de 2019

Deputado petista Paulo Pimenta trata Sergio Moro como criminoso e é rebatido por Eduardo Bolsonaro e Delegado Éder Mauro



No decurso da presença de Sergio Moro, ministro da Justiça do Governo Bolsonaro, na CCJC da Câmara dos Deputados, o deputado petista Paulo Pimenta fez uma abordagem ofensiva contra o ministro, tratando-o como suspeito ou criminoso.

Após o parlamentar provocar Sergio Moro, desafiando-o a abdicar de seu direito à privacidade, ele foi rebatido pelos deputados Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, e Delegado Éder Mauro, ambos do PSL. Os parlamentares chamaram Paulo Pimenta de "Montanha", codinome a ele atribuído nas planilhas de Odebrecht.

Sergio Moro, por sua vez, desafiou: "Quanto às mensagens, apresentem todas. Se elas não forem alteradas, não tem nada ali. Nada! É um balão vazio cheio de nada. (...) O veículo em questão tem uma narrativa, um sensacionalismo, e quer demonstrar uma tese que previamente estabeleceu".
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...