quarta-feira, 24 de julho de 2019

Senador expõe confissão de chefe de quadrilha de hackers do caso Sergio Moro e relação com Intercept



Em pronunciamento ao vivo, o senador Álvaro Dias comentou o caso de ataque hacker contra Sergio Moro, ministro da Justiça do Governo Bolsonaro, após o chefe da quadrilha confessar os atos e cooperar com a Polícia Federal.

"Está confirmado. O material divulgado pelo The Intercept é fruto de ataque cibernético, é fruto de um crime. Divulgou-se o produto de um roubo", assinalou.

"Estamos diante de um crime cibernético com consequência. O pior para o The Intercept virá se descobrirem que o Greenwald pagou por essas mensagens obtidas com a invasão. Ele seria mandante o do crime e teria a prisão decretada. Se não for ele, o mandante do crime terá a prisão decretada. Que se decrete a prisão", asseverou.

"R$100 mil foram encontrados com o casal de hackers. Obviamente, é uma parte do pagamento. Esse assalto, esse hackeamento dos celulares de centenas de autoridades, algumas para roubar mensagens e outras para roubar dados", complementou.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...