quinta-feira, 25 de julho de 2019

Senador rebate Glenn Greenwald, traz últimas informações sobre hackers presos, reação de Sergio Moro e quebra de sigilo



Em transmissão ao vivo, o senador Álvaro Dias aventou as últimas informações referentes aos hackers do caso de ataque e invasão contra Sergio Moro, ministro da Justiça do Governo Bolsonaro.

"A quebra de sigilo é necessária, mas nem sempre alcança resultados. Os malandros, os criminosos, operam à margem. Na marginalidade. Usam outros expedientes para o serviço sujo. Geralmente, fazem isso com dinheiro vivo. Pelo menos R$100 mil já foram encontrados. É apenas uma parte. Certamente, o pagamento deve ter sido muito superior. Obviamente, os outros que também participaram dessa operação devem ter valores escondidos", asseverou.

"No caso do mensalão, havia muito dinheiro retirado na boca do caixa. (...) Os criminosos sabem que há monitoramento. Não necessariamente, o a quebra do sigilo bancário chegará aos mandantes do crime. Poucos acreditavam ser possível chegar aos bandidos e a Polícia Federal demonstrou muita competência", afiançou o parlamentar.

No ensejo, ele retrucou Glenn Greenwald, do site The Intercept. "Veja o que diz esse descarado. Ele debocha da operação policial. Ele diz que a prisão dos hackers seria distração ou fofoca. A veiculação daquelas mensagens não era fofoca? Fofoca é a prisão?", rebateu.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...