domingo, 28 de julho de 2019

Senador se pronuncia após menção de hacker a Manuela D'Ávila e rebate presidente da OAB após ele atacar Sergio Moro o comparando a chefe de quadrilha



O senador Álvaro Dias pronunciou-se após, em depoimento, um dos hackers presos pela Polícia Federal fazer menção a Manuela D'Ávila, que foi candidata à Vice-Presidência da República na chapa do petista Fernando Haddad, e Glenn Greenwald. 

"Olha, a argumentação petista é frágil, sofrível. Não há ilegalidade alguma no comportamento de Sergio Moro. Nós aprovamos no Congresso Nacional a lei que inclui a Polícia Federal na alçada do Ministério da Justiça. Sergio Moro é o chefe. É evidente que ele precisa tomar conhecimento das investigações, dar providência. É óbvio que ele tem que saber", argumentou.

"Informar as vítimas, ademais, é um dever. A imprensa pode divulgar quem foi e o ministro não pode? Ainda ontem, o Jornal Nacional divulgava o teor de conversas e o depoimento do hacker na Polícia Federal. O Jornal Nacional pode ter acesso ao depoimento e o ministro não pode? É uma incoerência deplorável, isso é ridículo!", asseverou.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...