sexta-feira, 2 de agosto de 2019

Bolsonaro denuncia envolvimento de Dilma com agências de inteligência de Cuba e Venezuela e confronta acusações



Em coletiva de imprensa, o presidente Jair Bolsonaro denunciou o envolvimento do PT e da ex-presidente Dilma Rousseff com agências de inteligência de Cuba e Venezuela. No ensejo, ele assestou um estratagema utilizado para gerar benefícios à ditadura da Venezuela.

"Questão ideológica - tem a cláusula democrática no Mercosul e tem de ser para valer. A Venezuela era, há muito tempo, não era nem para ter entrado. Tenho um livro. 'Uma Ovelha Negra no Poder', de Mujica. Ele conta como Dilma Rousseff, em contato com Mujica, um avião da Força Aérea foi buscar o Marco Aurélio Garcia e trouxe para o Brasil", relatou o presidente.

"A Dilma Rousseff entregou fotografias, captações telefônicas e outros documentos conseguidos pelas inteligências cubana e venezuelana, ao lado da ABIn, que trabalhavam dentro do parlamento. Esse é o Brasil que estava caminhando sabe para onde, não é?", disse.

"Para mostrar para vocês que não era nem para ter entrado. A artimanha de Dilma e Pepe Mujica para afastar o Paraguai e entrar a Venezuela no Mercosul. Não queremos punir o povo venezuelano, mas a ditadura de Maduro. Um país que foi destroçado, apesar de ter ouro e petróleo. Eles nos acusam do que eles fazem", asseverou Bolsonaro.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...