terça-feira, 13 de agosto de 2019

Bolsonaro refuta ataques de defensores de radares móveis e volta a advertir sobre Argentina



Em coletiva de imprensa, o presidente Jair refutou ataques e argumentos de defensores de radares móveis e voltou a advertir sobre a Argentina e riscos para o Brasil.

"O sentimento de todos com quem tenho conversado, em especial os caminhoneiros, é que funciona como uma pegadinha. Não é medida de segurança, é caça-níquel. Geralmente, em um 'retão'. Não procede. Já cansou esse negócio. Chega de o Estado viver em cima do povo", assinalou.

"Sobre a Argentina, não é questão de ajudar o Macri. O próprio dólar subiu 30%, os juros lá para cima. A tendência de um país como esse é se transformar em uma Venezuela. Mais do que nunca, o Brasil quer a integração e a prosperidade da Argentina. Kirchner é ligada ao Foro de São Paulo, ao Maduro, era ligada ao Chávez, que se foi", atestou.

"Poderemos ter um problema de entrada de argentinos no Brasil, conforme vem ocorrendo em relação à Venezuela. Já há um sinalizador de que será uma relação conflituosa. Estão dando indicações precisas e concretas de que não querem se alinhar conforme vem ocorrendo com Macri, Marito e o presidente do Uruguai, também", frisou ele.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...