segunda-feira, 12 de agosto de 2019

PT diz que vai processar Moro por áudio de tesoureiro do PCC e Janaína Paschoal questiona: ‘Qual a lógica disso?’


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O Partido dos Trabalhadores (PT) afirmou que pretende apresentar uma notícia crime no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro Sérgio Moro e uma representação eleitoral contra o presidente Jair Bolsonaro, além de pedir direito de resposta a jornais e processar uma deputada por difamação. A investida do partido é uma resposta à divulgação de um trecho de uma interceptação telefônica de um tesoureiro do PCC que reclama do governo atual e afirma que a organização criminosa tinha um “diálogo cabuloso” com o PT. 

A deputada estadual Janaína Paschoal questionou a atitude do partido e apontou a incoerência. Ouça: 


Leia o texto de Janaína Paschoal: 

Ué, o PT vai processar Deus e todo mundo, por divulgar e comentar o áudio do diálogo cabuloso com o crime? Ao mesmo tempo, defende que o conteúdo das mensagens hackeadas seja de livre acesso? Qual a lógica disso?
Lógico, penso eu, seria retirar o sigilo da investigação em que o diálogo foi interceptado. Pela gravidade da situação, o povo tem direito a saber o que tem lá. O PT deveria ser o primeiro a solicitar a retirada do sigilo.
Com meses de divulgação dos diálogos do Intercept, não encontramos nenhum crime. Vamos ver a íntegra das interceptações referentes ao diálogo cabuloso. Quanto mais transparência melhor! Não é assim?
Leia também:
CCJ do Senado começa a discutir reforma da Previdência esta semana
Gazeta Social 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...