domingo, 15 de setembro de 2019

Delegado se revolta com CPI destinada a sabotar Sergio Moro e a Lava Jato: 'Esquerda doente que diz que Lula é perseguido!'



Em pronunciamento ao vivo, o deputado estadual Delegado Francischini protestou diante da iminência da criação de uma "CPI da Lava Jato".

"Depois de tudo que a Lava Jato deu ao país, agora os deputados federais querem uma CPI para investigar a Lava Jato. Não é para investigar a corrupção! É para investigar a Lava Jato. (...) Esquerda doente que diz que Lula é perseguido!", asseverou o parlamentar.

"Vem o tal Glenn Greenwald e o marido dele. Cometem um crime contra ele e várias autoridades. Tudo ilegal. Um hacker é preso cheio de dinheiro, fazendo câmbio em aeroportos. Quem intermediou o contato foi a Manuela D'Ávila. O plano é jogar tudo para debaixo do tapete", salientou.

"Depois do que estamos vendo nos últimos meses - devassa criminosa nos meios de comunicação com suas famílias, devassa em sigilos de pessoas próximas -, sabe quem é que vai querer integrar as Forças-Tarefa para combater a corrupção? Ninguém. Se é isso que queremos para o Brasil, devemos ficar calados. Se não queremos, é hora de pressionar nas redes sociais e, se necessário, nas ruas", ressaltou.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...