sábado, 28 de setembro de 2019

Frente a frente com deputados, Paulo Guedes dá lição de moral para 'marajás' que recebem R$60 mil e ainda querem aumento



No decorrer da participação de Paulo Guedes, ministro da Economia do Governo Bolsonaro, na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização, apontou-se a injustiça de "marajás" que recebem salários de R$60 mil e obtêm aumentos automáticos vinculados aos números da inflação. Conforme Guedes, é necessário sopesar o número de desempregados e a necessidade de investimentos.

"Hoje, é um software que fica rodando. O Brasil está indo mal, pobre, caindo 3,5% dois anos seguidos e o sujeito que é privilegiado, tem salário de R$60 mil, trabalha como juiz ou diretor de empresa privada. Tem aumento real automático, sobe 6% porque a inflação foi 6%. Mesmo com tantos desempregados. PIB caindo, 13 milhões de desempregados e salário de quem já é privilegiado subindo automaticamente", asseverou.

"O Congresso poderia dizer: olha, neste ano não sobe o salário do funcionalismo", declarou.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...