terça-feira, 3 de setembro de 2019

General Mourão contesta desinformação sobre Amazônia e expõe lobby de agricultores da França - Macron



Em palestra na Associação Comercial do Rio de Janeiro, o vice-presidente da República, General Mourão, expôs como Macron, presidente da França, age motivado por problemas internos e pelo lobby de agricultores franceses ao instigar conflito contra o Brasil e o presidente Jair Bolsonaro.

"Gostaria de tocar na questão do Meio Ambiente que tem surgido nestes últimos tempos. A primeira coisa que tem que ficar clara para todos é que temos de difundir e informar melhor. Há uma diferença entre a Amazônia Legal e o Bioma Amazônico. A Amazônia Legal é maior que a Amazônia Bioma. Abrange áreas de cerrado. Mato Grosso, Tocantins, Maranhão. Essa é a primeira diferença", realçou.

"Em segundo lugar, tem queimada todo ano neste período. É uma questão cultural para aquelas pessoas. Aprenderam do avô, do pai. Derruba a mata, taca fogo. É uma forma de limpar o campo. Precisamos colocar assistência técnica e colocar para esses produtores aquilo que temos de mais moderno", destacou ele.

No ensejo, ele explicou os ataques de Macron. "Só 7% do território brasileiro é usado agropecuária. Temos de divulgar para o mundo que um terço de nosso território é área protegida. Praticamente a Amazônia inteira é área de proteção ambiental e terra indígena. (...) Esses dados têm de ser colocados para o mundo de forma coerente. Não aceitar ingerências para cima da gente. O presidente francês enfrenta problemas internos. A questão do acordo de Mercosul com União Europeia atinge o lobby dos agricultores. A nossa agricultura chegando na UE é como um gigante avançando", asseverou.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...