sábado, 14 de setembro de 2019

Ministro da Educação parte para o confronto contra donos da Globo após ataque à nora de Bolsonaro: 'Abjeto e vil'


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O ministro da Educação, Abraham Weintraub, chamou de “abjeta e vil” a matéria publicada pelo grupo Globo sobre a nora do presidente Jair Bolsonaro. Weintraub disse: “Abjeta e vil a "reportagem" da globo/marinho contra Heloísa Bolsonaro. Vasculham as vidas e perseguem nossas esposas e crianças! Não encontraram NADA, porém, assustam nossas famílias. COVARDES! Será essa a essência da família Marinho ou a falta de caráter é restrita às empresas?  Não batam em marionetes! Batam no ventríloquo! Época, valor, globo, CBN, g1, extra, etc. E não falta calhorda implorando por $. Quem viabiliza a imundície feita com a Heloísa Bolsonaro, com o menino Ivo e tantas outras vítimas do padrão globo de ‘jornalismo’  é a FAMÍLIA MARINHO!”. 

Ouça: 


O irmão do ministro, Arthur Weintraub, também fez uma série de observações sobre a falta de ética na matéria em questão e sobre o papel da imprensa. Ouça: 

Presidente diz a verdade sobre a grande imprensa ser inimiga. A esquerdalha dá faniquito: "viés ditatorial". Essa grande imprensa SEMPRE apoiou a esquerdalha, e no jogo leninista de inimigos imaginários foi chamada de golpista pela...esquerdalha. Não cola mais. TEMOS A INTERNET.
Grande imprensa mente há décadas. Representa a esquerdalha. Apoia menina de 5 anos tocando homem pelado, faz escárnio de atentados, defende bandido, ataca a verdade, xinga criança. Humilha sempre a maioria dos brasileiros. É inimiga não só do Presidente. É inimiga de todos nós!
Leia também: 
Egito abre mercado para lácteos brasileiros, anuncia ministra de Bolsonaro
Cirurgião que operou Bolsonaro responde a perguntas e explica: ‘em medicina, não tem hora marcada para nada’

Stalin ia atrás das famílias dos inimigos. A globo/marinhos, numa reportagem imunda, usou da boa fé e profissionalismo da esposa de Eduardo Bolsonaro. O "repórter" mentiu que era cliente gay. Não acharam absolutamente nada de errado. Globo/marinhos são nossos inimigos declarados!
Não basta falar do "jornalista" que MENTIU contra uma MULHER de bem, em reportagem lixo contra Bolsonaro. É preciso ter foco nas pessoas que mantêm toda a estrutura para que esse mal ocorra. Globo, globonews, época, valor. Todos estão subordinados à FAMÍLIA MARINHO.
Houve possível crime de falsa identidade (art. 307 do Código Penal) quando o "jornalista" se fingiu de cliente. Mas há também as figuras do coautor ou partícipe (artigo 29 do Código Penal). É ver quem colaborou de alguma forma. Alguém publica reportagem assim sozinho?
Gravaram Heloísa Bolsonaro por 5 dias, tentaram e nada houve de homofobia. Enjaulado gravado falou sobre exportação de "viado" e que sua secretária pensou que era "presente de Deus" 5 homens da polícia entrarem na sua casa (dilma gargalhou). Quem são os homofóbicos misóginos?

Arthur Weintraub terminou com uma citação, do versículo 1 João 3:10: “Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do diabo. Qualquer que não pratica a justiça, e não ama a seu irmão, não é de Deus." 

O assessor da Presidência, Filipe Martins, explicou a diferença entre criticar o mau jornalismo e atacar a imprensa. Ouça: 

Dizem que atacamos a imprensa, mas quando criticamos o mau jornalismo o fazemos justamente por valorizar o papel constitucional da imprensa e lamentar que esse papel seja deturpado por delinquentes como o tal João Paulo Saconi da Época, que atacou a esposa do Eduardo Bolsonaro. 
Acredita quem quer. Evita quem tem juízo. A Época tem sido, em tudo, um dos veículos mais anti-éticos e inescrupulosos em sua cobertura jornalística, inventando mentiras incontáveis, espalhando fofocas e passando longe da objetividade e dos critérios mínimos do bom jornalismo.
Veja também: 





Correio do Poder
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...