quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Ministro Barroso desmonta hipocrisia dos que dizem defender pobres para soltar corruptos - Segunda Instância; STF



No decurso de julgamento a respeito da prisão após condenação em segunda instância, matéria que pode beneficiar Lula e outros milhares de condenados, Luís Roberto Barroso, ministro do STF, assestou a incoerência dos que utilizam como argumento a defesa dos pobres para permitir a soltura de corruptos e outros criminosos de colarinho branco.

"Na minha visão, consiste basicamente em decidir se o indivíduo condenado em segundo grau tem o direito de procrastinar indefinidamente o processo, sabendo-se que o percentual de mudança lá no final é mínimo, como veremos em seguida, ou se o interesse social na prevenção geral do Direito Penal deve prevalecer nesses casos", asseverou.

"Não forma os pobres que mobilizaram os mais brilhantes e caros advogados criminais do país. Não creiam nisso. Em uma sociedade estratificada como a nossa, há uma clara divisão entre crimes de pobres e crimes de ricos. Os crimes que mais geram ocupação de vagas nos presídios são crimes de pobres", complementou.

Assista ao vídeo e deixe o seu like se você apoia a prisão após condenação em segunda instância.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...