domingo, 13 de outubro de 2019

Ministro de Bolsonaro destroça Greta Thunberg e coloca a ONU contra a parede - Ernesto Araújo; CPAC Brasil 2019



Em pronunciamento no CPAC - Conservative Political Action Conference - Brasil 2019, Ernesto Araújo, ministro das Relações Exteriores do Governo Bolsonaro, criticou com veemência a ONU, Organização das Nações Unidas, e o discurso da sueca Greta Thunberg.

"Quando o climatismo abandona a discussão dos fatos e começa a intervir na economia, controlar a economia, intervir na educação, contestar a soberania, eu me pergunto: 'Será que tem mutreta?', No mundo de hoje, há todo um arco ideológico. Desde o socialismo do Século XXI praticado na Venezuela até o Socialismo Clássico, passando pelo politicamente correto, pelo racialismo e pelo climatismo. E até o maoísmo. Esse arco todo funciona em conjunto", asseverou.

"Como funciona? Essa moça, Greta Thunberg, no mesmo dia em que foi discursar na ONU, eu recebi uma foto de uma menina da Venezuela de 14 anos que pesa 14 quilos. Pela fome gerada por esse regime horroroso. E a Greta ali, 16 anos, bem alimentada, bem nutrida, discursando na ONU. A mesma ONU que não faz nada por essa menina da Venezuela, não faz nada contra Maduro", criticou.

"A mesma ONU que aceita a candidatura de Maduro para o Conselho de Direitos Humanos. E não vai entrar, pois o Brasil e outros países não vão deixar, não porque a ONU não vai deixar!", salientou o ministro.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...