quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Senador Kajuru aponta jantares 'escondidos' de Gilmar Mendes com Aécio e o xinga de 'sapo monstruoso, escória'



Em pronunciamento no Congresso Nacional, o senador Jorge Kajuru apontou jantares "secretos" de Gilmar Mendes com figuras corruptas da política nacional, acusou o recebimento de dinheiro público por parte de uma empresa do ministro e o insultou, qualificando-o como "sapo, monstro, escória".

"Aquele que tem as iniciais G e M. Aquele sapo. Aquele monstro. Ele jantava, semanalmente, com figuras como Aécio Neves. Rigorosamente corruptos. Comprovadamente corruptos e soltos. Eu, desculpe, não tenho esperança nenhuma amanhã", asseverou.

"Eu não tenho otimismo nenhum sobre amanhã. Carta marcada, a gente sabe o que vai acontecer. (...) Vejam o vídeo do raro jornalista brasileiro Augusto Nunes, exatamente reproduzindo o que denunciei meses atrás. Um vídeo de um minuto que prova que esse mesmo ministro...ele é escória. Ele é ministro do Supremo e, paralelamente, tem uma empresa. Recebe dinheiro público de Itaipu, de estados. De empresas como a JBS", frisou o senador.

No ensejo, ele desabafou: "Ou seja, como ele pode, eticamente, ser ministro do STF e empresário, fatura dinheiro público. Se um de nós fizer isso, vai para a cadeia na hora!".
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...