segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

Coronel Tadeu expõe estratégia de Bolsonaro ao não vetar juiz de garantias - Pacote Anticrime - Sergio Moro



Em pronunciamento ao vivo, o deputado federal Coronel Tadeu, aliado do presidente Jair Bolsonaro, expôs os motivos do chefe de Estado para sancionar o "juiz de garantias" inserido pela Câmara dos Deputados no Pacote Anticrime de Sergio Moro.

"Vamos falar sobre os aspectos práticos do que é este juiz de garantias. Esse troço, tem coisas bizarras, tem muitas bizarrices. Nós aprovamos isso no dia 4 de dezembro. Já vou antecipando que votei 'não' a esse juiz de garantias. Porque isso é uma bizarrice. Infelizmente, é. Não temos estrutura para atender a esse tipo de situação", encetou ele.

"Até falei na tribuna que estamos criando uma quinta instância. Já temos quatro: o juiz da comarca, o Tribunal de Justiça, o STJ e o STF, a Suprema Corte. Vamos criar mais uma que é esse juiz de garantias. Criaram uma pessoa a mais para participar do processo. Esse instituto só existe em Portugal", complementou.

"Foi uma votação em cima da hora, meteram no bolo. No destaque, fomos vencidos. (...) Você vão fazer a pergunta que não quer calar: Por que Bolsonaro não vetou? Por um simples motivo: isso daí é praticamente natimorto. Vai morrer no orçamento. Você vai brigar com o Congresso ou não? Tem horas em que não convém. Melhor aprovar uma pauta tributária que está vindo do que arrumar briga agora", ressaltou o parlamentar.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...