sábado, 28 de dezembro de 2019

General Mourão reage contra 'demagogia e populismo', detona salários de 'marajás' para funcionários públicos e defende Paulo Guedes



Em pronunciamento para empresários, o vice-presidente da República, General Mourão, defendeu as políticas econômicas do Governo Bolsonaro que estão sendo implementadas por Paulo Guedes. O oficial abordou a necessidade das reformas administrativa e tributária, além de rebater discursos demagógicos no que concerne à Previdência.

"O sistema previdenciário que nós tínhamos era uma pirâmide. Os mais velhos iam receber e os mais novos não iam receber nada nunca. Iam trabalhar até morrer porque não ia ter previdência nenhuma para eles. Tem que deixar de ter demagogia e populismo nisso aí. Precisamos colocar a verdade nua e crua!", asseverou.

"Precisamos de um sistema que garanta proteção mínima principalmente para os trabalhadores que, ao longo de suas vidas, não conseguem ter um emprego formal", acrescentou.

"Também tem a questão orçamentária. Os 3 'D's de Paulo Guedes. Desonerar, desindexar, desvincular. O nosso orçamento é engessado. Praticamente 94% do que arrecadamos já está carimbado, sendo que 2/3 disso é pagamento de pessoal. O Estado também é uma empresa, não pode ser algo paquidérmico com um fim em si mesmo. O Estado tem de ser um facilitador, um indutor. Não é possível que uma pessoa entre no serviço público e ganhe 20 vezes o salário mínimo do país. Qual é a motivação que essa pessoa terá?", argumentou o general.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...