domingo, 5 de janeiro de 2020

Bolsonaro conversa com internautas de madrugada e rebate ataques sobre cartão corporativo e energia solar





Na madrugada deste domingo, o presidente Jair Bolsonaro postou, nas redes sociais, uma mensagem,  com sua fotografia em uma cerimônia debaixo de chuva, e dizendo: “Domingo, 03h47. Muita chuva em Brasília. Obrigado pela MISSÃO”.

O presidente foi prontamente respondido por internautas que estavam acordados, e respondeu a várias mensagens. Logo após a postagem o usuário Cicero Silva Luiz Junior disse: “03:52 aqui em Campinas, presidente”. Bolsonaro respondeu: “Cícero, nos idos de 1960 eu visitava minha avó na R. Barão de Itapura, Campinas. Um abraço”. 

O usuário Luis Palencia Pernia disse: “Presidente sou venezuelano e apoio o senhor. Estamos juntos para um Brasil melhor. Grande abraço desde Mato Grosso”. Bolsonaro respondeu: “Boa sorte no Brasil. Ainda veremos a Venezuela livre. Deus abençoe seu país”.

Diversos internautas compartilharam histórias pessoais e de sua relação com o presidente. 

Bolsonaro respondeu a algumas perguntas dos internautas sobre seu governo. O usuário Rafael Rodrigues Batista perguntou: “Capitão, cobrar imposto sobre a energia solar? Procede?”. Bolsonaro respondeu: “Quem vai decidir sobre isso é a ANEEL, que é autônoma. No que depender de mim ZERO imposto”.

Uma internauta reclamou do Imposto de Renda e pediu a extinção do IPVA. A usuária Adelina Araujo Guimarães disse: “IR que roubo heim presidente? IPVA foi promessa de campanha e NADA!”. Bolsonaro respondeu: “reforma tributária no corrente ano. Quanto ao IPVA, a promessa deve ter sido de outro candidato, talkey? Lembro que um deles disse que ia tirar 50 milhões de pessoas do SPC. Um abraço”.

Bolsonaro também respondeu a duas internautas que questionaram as despesas do governo em cartões corporativos. 

A usuária Ana Lemos disse: “Tá na hora de mostrar o gasto do cartão corporativo”. Bolsonaro respondeu: “existem 3 cartões corporativos. Um pessoal, no qual posso sacar até 24.000/mês sem prestar contas dos gastos. Já convidei por várias vezes a imprensa para fazer matéria. Ninguém se interessou. Outros tratam de despesas variadas, das viagens nacionais e internacionais, com comitiva/assessoria segurança/alimentação/hospedagem..... idem despesas do Alvorada e Granja do Torto. Alimentação também para dezenas de militares de serviço. Para alguns essas despesas não deveriam ser reservadas, mas a lei decidiu que devam ser reservadas por questão de segurança…”

A usuária Kika Rabelo atacou, dizendo: “Não apoio sua decisão sobre juiz de garantias. E no mais me parece que vcs estão fazendo farra com o cartão corporativo não?”. Bolsonaro respondeu: “me parece que você critica sem qualquer fundamento. Está lendo muito a Folha ou você é de criticar os outros assim mesmo?”.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...