domingo, 12 de janeiro de 2020

General Mourão concede entrevista esclarecedora antes de viajar à Antártica para inaugurar estação - Gov. Bolsonaro



Em entrevista à TV Brasil, o vice-presidente da República, General Mourão, expôs a perspectiva do Governo Bolsonaro diante da reinauguração da Estação Comandante Ferraz na Antártica.

"O Continente Antártico foi, durante muito tempo, objeto de pesquisas randômicas. As pessoas que foram para lá pela primeira vez foram pessoas de coragem muito grande. Com meios muito distintos dos que temos hoje. Elas iniciaram o primeiro mapeamento. Surgiu o Tratado Antártico e o Brasil aderiu a partir de 1975", encetou o vice-presidente.

"Um dos assuntos fundamentais pesquisados lá é a influência da Antártica no clima do mundo. As pesquisas lá se dão nos mais diversos campos: biodiversidade, biotecnologia, medicina, agricultura. Organismos que lá existem e têm influência no Oceano Atlântico, assim como efeitos sobre o clima no Brasil. Além disso, há a discussão sobre o Meio Ambiente, a discussão do Século XXI", salientou ele.

"Nossos pesquisadores, quando participam disso, aumentam seu conhecimento, se enriquecendo. Além disso, inserem nosso país de uma forma mais altiva na comunidade internacional. Iniciamos nossos trabalhos na Antártica em 1982. Começou ainda em nossos navios e, em 1984, inauguramos a nossa estação", frisou o general.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...