terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Paulo Guedes faz forte desabafo e é intensamente aplaudido: 'Não aceito essa situação. Meus pais me deixaram um país melhor'



Em pronunciamento durante evento da Confederação Nacional dos Municípios, Paulo Guedes, Ministro da Economia do Governo Bolsonaro, assestou a "guinada" que está sendo implementada pelo presidente Jair Bolsonaro nos rumos do país. Guedes abordou a importância das reformas administrativa e tributária e a necessidade de entregar um país melhor para os jovens. O discurso ocorreu em 2019.

"Eu queria fazer um elogio muito grande. Não só ao presidente, mas principalmente ao presidente Bolsonaro, que colocou esse time todo para trabalhar. Ele escolheu sem sofrer pressão política. Eu escolhi um time extraordinariamente técnico, todos trabalhando fundo nisso. Eles sabem que estão trabalhando para colocar o Brasil para crescer. O Brasil, nos últimos 10 anos, cresceu 0,6%. É muito pouco!", encetou ele.

"Os meus pais me deram um país melhor do que o que eu estou deixando para os meus filhos. Não aceito essa situação. Quando eu tinha 10, 12, 13 anos, o Brasil crescia 5, 6, 7% ao ano. Era um dos países que mais crescia no mundo. Agora, está crescendo quase zero. Temos a obrigação de deixar para os nossos filhos um país melhor ou ao menos igual ao que recebemos. A equipe toda vê isso como um compromisso", acrescentou ele.

"O presidente garantiu isso: vamos fazer um ponto de inflexão. O que é interessa é que a taxa de crescimento do Brasil vai aumentar, os salários vão aumentar, as greves vão acabar. No Chile, a acumulação de capital foi tão rápida que todo mundo tinha ações. A distribuição de renda melhorou. Os impostos no Chile eram 18%. No Brasil, são o dobro. Além disso, vamos ter redução, eliminação e simplificação de impostos", salientou o ministro.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...