domingo, 26 de janeiro de 2020

Paulo Guedes refuta quem ataca a política de privatizações de Bolsonaro e concede coletiva



Em coletiva de imprensa voltada a esclarecimentos a respeito de projeto para um novo pacto federativo, Paulo Guedes, ministro da Economia do Governo Bolsonaro, rebateu aqueles que criticam os projetos de privatização que estão sendo implementados na gestão atual. O evento ocorreu em 2019.

"Precisamos garantir e assegurar a melhor execução de políticas públicas. Garantir os serviços públicos essenciais: saúde, saneamento, educação, segurança. As pessoas olham e perguntam por que estou vendendo estatal. É para que seu filho tenha saúde, educação, saneamento", encetou ele.

"Por isso que estamos vendendo estatais. Em vez de ficar sendo foco de corrupção, desvio de recursos, paralisia de investimentos públicos, seja outra coisa. Quem está pedindo isso não sou eu, é a ordem democrática, é a democracia que está pedindo. Nada contra a estatal, mas os recursos são necessários para saúde, habitação e outras coisas", frisou Guedes.

"Vamos usar recursos privados para fazer chapas de aço, perfuração de petróleo, entregar cartas, deixa o setor privado cuidar disso. Vamos, com o governo, garantir creche, saneamento, educação básica, saúde, segurança pública. Foi exatamente a plataforma que elegeu o presidente", ressaltou.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...