segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020

Bolsonaro pede urgência à Câmara para trazer grupo de brasileiros da China





O presidente Jair Bolsonaro anunciou que o governo vai repatriar os brasileiros que se encontram em Wuhan, na China. O presidente disse: “O governo adota todas as medidas necessárias para trazer de volta ao Brasil os seus cidadãos que se encontram na província de Hubei. Serão trazidos, em segurança para nós, todos os que se encontram naquela região e que manifestarem desejo de retornar. Assim que chegarem serão submetidos a quarentena, de acordo com procedimentos internacionais, sob a orientação do Ministério da Saúde. O Ministério da Defesa , por meio da Força Aérea Brasileira , trabalha na elaboração do plano de voo da aeronave, possivelmente fretada. Os detalhes da operação, que está sendo planejada, serão informados posteriormente. A Embaixada do Brasil em Pequim entrará em contato para prestar informações e organizar os procedimentos”.




Bolsonaro acrescentou: “O Presidente da Câmara, Rodrigo Maia, dará prioridade para que todas as medidas legislativas sejam votadas, em urgência, para o bom cumprimento dessa missão”. A Câmara dos Deputados retoma as atividades hoje após longas férias, e também precisa votar 27 medidas provisórias, 25 das quais aguardam desde o ano passado. 

Em nota conjunta, o Ministério das Relações Exteriores e do Ministério da Defesa anunciaram alguns detalhes de como funcionará a repatriação. Ouça:

“O governo brasileiro adota todas as medidas necessárias para trazer de volta ao Brasil os cidadãos brasileiros que se encontram na província de Hubei, especificamente na cidade de Wuhan, na China, região de origem da epidemia do coronavírus. Serão trazidos todos os brasileiros que se encontram naquela região e que manifestarem desejo de retornar ao Brasil.

Assim que chegarem ao Brasil, eles deverão ser submetidos a quarentena, de acordo com procedimentos internacionais, sob a orientação do Ministério da Saúde.

O Ministério da Defesa, por meio da Força Aérea Brasileira, trabalha na elaboração do plano de voo da aeronave, possivelmente fretada, que será enviada à China. Os detalhes da operação, que está sendo planejada, serão informados posteriormente. A Embaixada do Brasil em Pequim entrará em contato para prestar informações e organizar os procedimentos cabíveis.

Duas brasileiras, que se encontravam em Wuhan e também possuíam nacionalidade portuguesa, já embarcaram em voo francês que transportou cidadãos da União Europeia. Elas farão quarentena em Portugal”.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...