terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

Cabral 'atira na fogueira' o ex-governador Pezão e o delata frente a frente com o juiz Marcelo Bretas



Em depoimento ao juiz Marcelo Bretas no âmbito da Operação Lava Jato, Sérgio Cabral, ex-governador do Rio de Janeiro cujas condenações somam mais de 250 anos de prisão, delatou o ex-governador Pezão e relatou ter informações valiosas a respeito de crimes cometidos por Pezão durante seu governo e quando da gestão de Pezão no Governo do Rio.

“Confirmo que o vice-governador e governador Luiz Fernando Pezão participou da estruturação dos benefícios indevidos desde o primeiro instante do nosso governo, desde a campanha eleitoral e durante os oito anos em que fui governador. E, posteriormente (governo Pezão), tenho algumas informações a respeito”, salientou Cabral. Segundo ele, Pezão recebia uma mesada de R$150 mil durante seu governo.

Ademais, Cabral detalhou percentagens definidas para o pagamento de propinas. “Os fornecedores falavam em 10%, 15% (nos governos anteriores). Eram pagos pelas fornecedoras aos governos anteriores. Eu estabeleci junto com o Pezão um percentual de 5%: eram 3% para o meu núcleo, 1% para o dele, que era a Secretaria de Obras, e 1% para o Tribunal de Contas para a aprovação das licitações”, disse.

Assista ao vídeo e deixe o seu like se você apoia a Operação Lava Jato.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...