quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

Deputado aponta regalias absurdas de políticos e Paulo Guedes denuncia 'captura' do Estado por corporações



Por ocasião da participação de Paulo Guedes, ministro da Economia do Governo Bolsonaro, na Comissão de Orçamento do Congresso Nacional, o deputado federal Pedro Cunha Lima assestou regalias absurdas de políticos e funcionários públicos e o ministro aventou como resolver tais disparidades.

"Essa política, lamento muito dizer, mexe no abono salarial, mas não mexe no auxílio-creche do procurador da República, no auxílio-mudança do deputado reeleito. Não faz sentido ter auxílio-mudança se é reeleito, ele já está em Brasília. A PEC dos Penduricalhos acaba com auxílio-creche, auxílio-doença, auxílio-moradia, auxílio-leitura", argumentou Cunha Lima.

"Tem procurador que tem auxílio-livro! Precisamos acabar com essa injustiça, acabar com isso para quem recebe mais de R$10.000,00!", salientou o parlamentar.

Paulo Guedes, por sua vez, asseverou: "Os senhores são esse software. Vão criar um software novo e acabar com o antigo, o qual perpetua desigualdades. O governo [anterior] talvez tenha sido capturado por corporações. De interesse privado e de interesse público".
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...