sábado, 8 de fevereiro de 2020

Paulo Guedes 'enquadra' quem quer se apropriar do Brasil para benefício próprio: 'O que nós podemos fazer pelo Brasil?' [2019]



Paulo Guedes, ministro da Economia do Governo Bolsonaro, aventou, em discurso, como será a guinada determinada pelo presidente Jair Bolsonaro na gestão dos recursos públicos. Conforme Guedes, é preciso deixar de lado a lógica corporativista e privilegiar os esforços com vistas à concretização do bem comum. O pronunciamento ocorreu em 2019.

"A pergunta que o presidente faz é a seguinte: Nos últimos 30 ou 40 anos, todo mundo está perguntando: 'O que o Brasil pode fazer por mim, pelo grupo corporativo A ou B, o que o Brasil pode fazer?'. A pergunta do presidente é a seguinte: O que nós podemos fazer pelo Brasil?", encetou ele.

"É uma pergunta que um famoso presidente americano também fez quando entrou. Não adianta tentar preservar um feudo com recursos públicos usados para comprar influência parlamentar, gastos publicitários. Você abre o jornal todo dia e vê. O sujeito mesmo pinta de vermelho e aparece lá todo dia fazendo propaganda dele", prosseguiu Guedes.

"Nós vamos buscar esse excesso de gastos. Onde tiver publicidade, compra de influência parlamentar exagerada, nós vamos buscar esse dinheiro, porque está faltando para saúde, educação, Bolsa Família. Os bancos públicos, da mesma forma, nós vamos descobrir esses valores lá dentro. Nossa equipe vai. É uma turma que está preparada para buscar esses recursos, trabalhar assim. No BNDES, por exemplo, nós queremos o dinheiro da União de volta, queremos despedalar", salientou o ministro.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...