sábado, 15 de fevereiro de 2020

Sergio Moro rebate mentiras veiculadas na mídia, refuta governador do DF, mostra resultados 'sem precedentes' e defende presos trabalhando



Em coletiva de imprensa, Sergio Moro, ministro da Justiça do Governo Bolsonaro, assestou resultados "sem precedentes" na redução da criminalidade, refutou atitudes do governador do Distrito Federal quanto a facções criminosas e defendeu que presidiários trabalhem.

"Hoje, tivemos um dado que ainda não é estatística oficial: os homic* caíram 19% em 2019, o que não tem precedentes históricos. (...) Se vê uma série de inverdades que são colocadas sobre o sistema carcerário. A expectativa de aumento de 8% ao ano não se concretizou. Sempre se fala que se prende muito cautelarmente no Brasil, não é. Não é um percentual diferente do que tem na França ou na maioria dos países europeus", encetou Moro.

"Nós já nos manifestamos anteriormente. Os presos, nos presídios federais, ficam dentro dos presídios. Isso é óbvio. Em regime de absoluto rigor. Dentro do estabelecimento, eles não oferecem nenhum risco a quem está fora. Não vi reverberação da reclamação do governo do Distrito Federal. Ninguém tem medo do crime organizado. O crime organizado é que tem que ter medo do Poder Público e dos cidadãos", frisou o ministro.

"Não existe risco para os cidadãos. Se lamenta que o tema seja trazido tanto pelo governador, gerando essa sensação. Não penso que seja uma atitude responsável", enfatizou.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...