sábado, 14 de março de 2020

Coronel Chrisóstomo denuncia 'farra bilionária' no BNDES: 'Caixa-preta', paraísos fiscais, dinheiro no exterior




Em pronunciamento na Câmara dos Deputados, o deputado federal Coronel Chrisóstomo, aliado do presidente Jair Bolsonaro e membro do PSL, denunciou a "farra" ocorrida com recursos públicos no BNDES durante as gestões dos petistas Lula e Dilma.

"Eu diria que o Pacote Anticrime e a CPI do BNDES foram duas comissões de extrema importância. A CPI do BNDES: eu vou colocar ela muito bem pontuada para a nossa população entender o que houve no BNDES no passado - não hoje. A comissão, composta por vários parlamentares, convidou várias pessoas envolvidas no passado - de 2003 a 2015", encetou ele.

"Convidamos dezenas de pessoas para depor. Não estou aqui para acusar ninguém, mas concluímos um relatório com mais de mil páginas. Foi pontuado que o BNDES, o banco que deveria trabalhar para o povo brasileiro, infelizmente, foi usurpado em muitos bilhões de reais. Deixou a população sem ter esses recursos para atender a questões de seus municípios e de nossos estados", asseverou.

"Bilhões de reais saíram do país ilegalmente. Está no relatório isso. No entanto, não conseguimos dar prosseguimento a 100% do que foi dito. É tanto que nós, da comissão, entregamos o relatório completo para o Procurador-Geral da República para que ele tome as providências e veja, através de seus procuradores, quem tirou os recursos dos brasileiros e jogou em paraísos fiscais. Essa é a realidade de que muitos não falam, mas sabem! Levaram muitos bilhões para fora do país ilegalmente. Agora, que o procurador tome as providências dentro do processo judicial!", pontuou o parlamentar.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...