terça-feira, 31 de março de 2020

Sergio Moro se manifesta contra soltura de presos e expõe diretriz de Bolsonaro





O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, participou hoje da entrevista coletiva do Comitê de Crise, quando falou sobre a situação dos presos, entre outros assuntos. Moro apontou que há medidas para proteger a saúde dos presos e dos profissionais do sistema prisional, não se justificando a soltura indiscriminada de presos. 




O ministro Sérgio Moro apontou que, embora tenha havido restrições a presos, como a suspensão de visitas, elas não são muito diferentes das restrições que vêm sendo impostas a todos os cidadãos, e acrescentou que os presos receberam algumas regalias, como aumento no banho de sol. 

Moro lembrou também que não há motivos para temores em relação ao sistema penitenciário. O ministro apontou que não há registros de nenhum caso no sistema penitenciário, e que o único caso a ser confirmado é de um preso que está em prisão domiciliar. Também em outros países a infecção de presos foi mínima. 

Sérgio Moro apontou outras ações de seu ministério no enfrentamento à pandemia, lembrando a instrução do presidente Jair Bolsonaro de que “nenhum brasileiro será deixado para trás”. O ministro mencionou o uso da Força Nacional no auxílio às ações da Saúde e afirmou que não há, no momento, indicativos de um risco concreto de saques. Moro disse que considera inapropriado “anteciparmos um caos que não vai acontecer”. O ministro também destacou as ações da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal e o fechamento da fronteira com a Venezuela, além da proibição temporária de entrada de estrangeiros e do resgate de brasileiros no exterior. 

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...