domingo, 5 de abril de 2020

Paulo Guedes alerta contra 'vale-tudo', detona políticos oportunistas e expõe ação de Bolsonaro



Em diálogo ao vivo com membros da CNDL, Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, Paulo Guedes, ministro da Economia do Governo Bolsonaro, criticou o "oportunismo" de determinados políticos, aventou ações do Ministério da Economia e advertiu contra um "vale-tudo" que pode macular o organismo econômico brasileiro.

"Primeiro, vamos atravessar essa primeira onda sob a coordenação do ministro Mandetta. Lá na frente, o presidente Jair Bolsonaro já avisou, haverá uma segunda onda. Vamos enfrentar a segunda também. (...) Da mesma forma que mantemos o isolamento e a distância no ponto de vista da Saúde, no ponto de vista da Economia, não vamos interromper os fluxos de pagamento", encetou ele.

"Vamos preservar os serviços vitais. Se estamos pedindo refeições usando telefonia, aplicativos, vamos manter os pagamentos em dia. Não vamos destruir, descapitalizar, descontinuar os serviços que estamos usando. Da mesma forma, se estamos usando luz, vamos pagar as nossas contas de luz para não sofrermos com descontinuidade. Vamos manter as redes de pagamento, não vamos deixar haver uma desorganização da atividade econômica", asseverou Guedes.

"Estamos em hibernação, mas, de qualquer forma, temos de manter respirando e oxigenada a economia brasileira. Não podemos cair na atração fatal do calote, da falta de pagamentos, 'ninguém paga ninguém', o 'vale-tudo'. É muito importante isso! Podemos renegociar aluguel, salários, mas não podemos desorganizar a rede de pagamentos", pediu o ministro.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...