domingo, 26 de abril de 2020

‘Só podia estar brincando’, diz Romeu Tuma Jr. após Moro dizer que governos petistas não interferiam na PF





O ex-Secretário Nacional de Justiça, Romeu Tuma Jr., pelas redes sociais, questionou as afirmações do ex-ministro Sérgio Moro, que, ao deixar o governo, afirmou que os governos petistas nunca interferiram na Polícia Federal. Tuma disse: “Com todo respeito, mas o ex-Ministro Moro só podia estar brincando ao afirmar que governos anteriores não fizeram pressão sobre Instituições e sobre a Polícia Federal. A propósito, há 10 anos caí por investigar dossiês e crimes de estado quando era Secretário Nacional de Justiça/MJ. Lembrem também de Paulo Lacerda e outros”.




Tuma também compartilhou a imagem de uma reportagem que relatava que o então ministro da Justiça de Dilma, acompanhado da cúpula da Polícia Federal, tinha viajado a Curitiba para uma misteriosa viagem ao centro da Lava Jato. Tuma disse: “O ex-Ministro Moro disse que governos anteriores não interviram na PF e nem pressionaram a Lava Jato. Faltou-lhe memória ou faltou com a verdade”.

Outros também lembraram a interferência dos governos petistas na Polícia Federal. O deputado Marco Feliciano questionou: “Mas por que esses fariseus da extrema-imprensa não pediram o impeachment de Lula quando ele interferiu na PF?? A notícia foi dada pela Folha de S.Paulo como sendo a coisa mais natural do mundo e ele sequer negou…”

A deputada Bia Kicis publicou matéria da Folha de São Paulo, de 11 de setembro de 2007, e questionou: “Como assim, Moro, LULA não intervinha na PF? O recorte da Folha de SP de 11/9/2007 mostra exatamente o contrário. Troca do comando da PF e da ABIN porque Lula queria informaçōes que não estava recebendo. O Presidente tem que receber informações, isso é legal, não é crime!”

A deputada também compartilhou outras postagens, como a do jornalista Guilherme Fiuza, que disse: “Dilma Rousseff tinha informação privilegiada de que a PF ia prender o marqueteiro João Santana, homem forte do seu governo, e armou a fuga dele. É esse o padrão republicano do PT, Moro? O que fizeram contigo, homem? (A delação de João Santana está na gaveta e Dilma está solta)”. 

O deputado José Medeiros compartilhou matéria do site Diário do Poder, com a manchete: “Lula trocou diretor da PF para ter acesso a informações, mas não foi acusado de ‘interferência’”, e acrescentou: “Lula e sua turba podem tudo”. O jornalista Cláudio Humberto, responsável pela matéria, afirmou: “Em 2007, o então presidente Lula demitiu o diretor da Polícia Federal para ter acesso às informações sobre suas "grandes operações". Curiosamente, não foi acusado de "ameaçar o Estado de direito" com suas "interferências políticas" na corporação”.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...