quinta-feira, 2 de julho de 2020

Bolsonaro anuncia que vetará 'PL da Censura' aprovado no Senado e dá lição sobre liberdade de expressão





Em sua live semanal, o presidente Jair Bolsonaro falou sobre a aprovação, pelo Senado, do PL das Fake News, conhecido como “PL da Censura”. Bolsonaro lembrou que o próprio presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse que o projeto sofreria alterações na Câmara, e enfatizou que cabe ao presidente a possibilidade do veto. 


Bolsonaro lembrou que sua posição sobre a censura de redes sociais é conhecida. O presidente disse: “Sou extremamente favorável à liberdade total da mídia. Não podemos admitir a censura aqui, pelo amor de Deus”. Bolsonaro também apontou que as gigantes do setor - Facebook, Google, Twitter e Whatsapp - deram um parecer técnico contrário ao projeto.

O presidente resumiu: “Do jeito que se apresentou o projeto até o momento, não tenho como não vetar”. E acrescentou: “Muita gente fala de liberdade da boca pra fora, mas aprova projetos que cerceiam a liberdade”. Bolsonaro lembrou que já existem meios legais para coibir excessos. O presidente disse: “Se eu me sentir prejudicado, posso entrar na Justiça. Agora, jamais querer censurar a mídia para me proteger. Quando se fala em democracia é uma coisa, quando se exercita, é outra”.

Mais adiante na live, o presidente voltou ao assunto, respondendo a uma pergunta feita pelo jornalista Guilherme Fiuza ao ministro Rogério Marinho. Marinho disse que há quem tente resolver seus próprios problemas reduzindo a liberdade dos cidadãos, e lembrou: “sempre fui vítima de fake news e nem por isso estou me insurgindo contra a liberdade de imprensa ou de quem quer que seja”. 

Bolsonaro lembrou que as mentiras antecedem em muito as redes sociais, e que são, por muitas vezes, ferramentas da esquerda contra políticos e cidadãos de direita. O presidente lembrou episódios em que foi vítima de mentiras, e disse: “Mas não é por isso que eu vou querer censurar as redes sociais. Com todo o respeito que tenho ao Parlamento, chegando a mim, vou fazer uma consulta popular para ver o que deve ser derrubado. No que depender de mim, liberdade total nas redes sociais”.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...